Solidariedade, nucleação e visibilidade

Solidariedade:

Em relação aos indicadores de solidariedade, os docentes do PPGENF desenvolvem projetos em parceria com pesquisadores de outros programas de Pós-graduação, visando contribuir para o fortalecimento do sistema nacional de pós-graduação, e desenvolvimento de pesquisas conforme descrito no item Intercâmbios Nacionais. Assim, são parceiros do PPGENF: Centro CIPE Brasil – Universidade Federal da Paraíba - Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Universidade Federal do Rio de Janeiro – Escola de Enfermagem Anna Nery; PUC-Paraná - Programa de Pós-graduação em Tecnologia em Saúde; Universidade Estadual de Campinas/SP - Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Universidade Federal de Santa Cruz do Sul - Programa de Pós-Graduação em Promoção em Saúde; Universidade Federal de São Paulo - Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Universidade Estadual do Rio de Janeiro - Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Universidade Estadual de São Paulo - Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Universidade de São Paulo – Ribeirão Preto - Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Universidade Federal do Rio Grande do Sul – Escola de Enfermagem; Universidade Federal de Pelotas- Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia; Universidade Federal do Pampa - Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas; Universidade Federal do Ceará - Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Universidade Federal do Paraná – Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Das parcerias entre os docentes do PPGENF e vários docentes de diferentes programas de Pós-graduação no Brasil tiveram como resultado a produção de vários artigos científicos, apresentações em congressos nacionais e internacionais, a produção de produtos técnicos, a participação em bancas de qualificação e defesa de mestrado e doutorado contribuindo para o fortalecimento do sistema nacional de PG.

  • O PPGENF contribui com o PPGSC (Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva da UFES) ministrando as Disciplinas de Bioestatística e Seminário de Pesquisa para os mestrandos dos dois programas. Nossos docentes ministram anualmente essas disciplinas para alunos regulares do PPGSC e PPGENF.

Nucleação:

A nucleação do curso tem se dado a partir da capacidade de formação de alunos, estimulados ao pensamento crítico e postura ética em relação às questões essenciais à saúde e seus determinantes e condicionantes sociais, culturais, econômicos e políticos. O PPGENF visa contribuir para a formação de enfermeiros capacitados para os mais diversos cenários de prática. Assim, o corpo discente tem profissionais inseridos no Hospital Universitários Cassiano Antonio Moraes, prefeituras municipais de saúde, secretaria do estado de saúde e serviços privados, como hospitais e clínicas. Tais discentes, durante a construção da sua dissertação em conjunto com os docentes do PPGENF, visam contribuir para o serviço no qual estão inseridos, desenvolvendo tecnologias que mudarão a prática de enfermagem no local.
O reflexo dessas ações tem se dado na atuação dos mestrandos, egressos e professores em diferentes Fóruns, Conselhos, Coordenações técnicas ou acadêmicas e/ou comissões/comitês/assessorias de abrangência institucional, regional ou nacional, em políticas públicas de saúde, educação, ciência e tecnologia. Também os mestrandos e egressos tem assumido atividades no sistema educacional, atuando em escolas profissionalizantes, bem como no ensino superior e na pós-graduação lato sensu.
Como resultado das estratégias de nucleação, os mestrandos e os egressos do PPGENF têm atuado como líderes em instituições privadas como empresas de Home Care (Camila Wagner) e representação de materiais hospitalares (Juliana Oliosi e Rafael Colodetti); na Secretaria Estadual de Saúde do Espírito Santo temos mestrandos e egressos (Liliana Coelho, Fernanda Cordeiro, Angela Lima, Carla Braga, Elaine Soares, Renato Alves) assumindo coordenações técnicas e/ou compondo a equipe de diferentes comissões/comitês/assessorias de abrangência institucional e regional, tais como: Comissão de Estágio; Comissão de Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos em Saúde; Comissão de Prontuários, Secretaria Especial de Saúde Indígena e Comissão de Controle de Infecção Hospitalar, Comissão de doação de órgãos, Comissão de curativos e prevenção de úlceras por pressão, Comissão de Segurança do paciente.
No Hospital Universitário Antônio Cassiano de Moraes vários mestrandos e egressos (Sandra Alvarenga, Cristiane Rodrigues, Luciana Barcellos, Karina Fiorotti, Rosana Lima, Jhonathan Araujo, Thais Cicero, Lais Machado, Lucinete Souza, Fabiola Zanetti, Morgana Rampe, Simone Soares, Andressa Tomazini, Maria Aparecida, Kassia Rosseto, Alessandra Monteiro, Regiane Rangel, Wanda Araujo, Sheila Parreira, Rosimere Lessa, Paolla Novais e Priscilla Leite) assumiram coordenações técnicas como a chefia de Unidades hospitalares: Maternidade, Banco de Leite, Centro Cirúrgico, clínica médica, ambulatórios, UTI, CME, entre outros. Também assumiram coordenações técnicas ou estão compondo a equipe de diferentes comissões/comitês/assessorias de abrangência institucional como: Serviço de Cuidados Paliativos; Unidade de Gestão de Riscos Assistenciais; Núcleo de Segurança do Paciente; Comissão de implantação da Sistematização da Assistência de Enfermagem, Núcleo de Gestão da Qualidade; Comissão de Ética de Enfermagem, Comissão de Educação Permanente, Núcleo de Planejamento, Comissão de auditoria. Ainda no HUCAM os mestrandos e egressos atuam contribuindo na organização de eventos científicos a fim de atualizarem e capacitarem o corpo clínico de enfermagem, assim eles têm participado na Comissão organizadora do “ Evento Agosto Dourado”; Outubro Rosa, Novembro Azul, dia do combate ao fumo, dia mundial do combate ao estresse, Dia Internacional do Idoso, entre outros, do Hospital e na Comissão Organizadora da Semana Brasileira de Enfermagem do HUCAM.
Nas Secretarias Municipais de Saúde de diferentes municípios do ES, como Vitória, João Neiva, Vila Velha, Fundão (Araceli Grasse, Ione Barbosa, Hercules Luz, Selma de Jesus, Carla Marques, Fernanda Polese) também assumiram coordenações técnicas ou estão compondo a equipe de diferentes comissões/comitês/assessorias de abrangência institucional como: Vigilância epidemiológica, Comissão de controle de infecção, Comissão de controle de pele e vigilância em saúde.
Além disso, os professores do PPGENF desenvolvem atendimento no HUCAM por meio dos estágios curriculares sob responsabilidade dos docentes e também assistência ambulatorial e hospitalar aos pacientes do SUS, como as professoras, Cândida, Karla, Leila, Eliane, Lorena, Mirian, Walckiria, Paula, Márcia Valéria e Marluce. E em unidades de Saúde do município como os professores Thiago, Flávia e Sheila. E no Hospital Santa Rita de Cássia-Afecc, as professoras Maria Helena, Eliane Lima e Paula. Desenvolvem, também, palestras em escolas de ensino fundamental e médio com temas relacionados à educação em saúde, pode-se destacar a atuação dos seguintes professores em conjuntos com seus mestrandos: Tulio Alberto Martins de Figueiredo, Eliana Zandonade, Maria Helena Amorim, Marluce Siqueira.

O PPGENF possui parcerias com a Secretaria do Estado da Saúde e Secretarias municipais. Existe a disponibilidade e interesse dos docentes do PPGENF/UFES em contribuir para a melhoria da assistência a saúde no estado e no país, em diferentes contextos e projetos, a exemplo da nossa participação em projetos como o da “Violência contra a Mulher”, Projeto financiado pela Fapes coordenado pelas Profª Drª Maria Helena Costa Amorim e Franciele M. Costa Leite. E projeto na área das Práticas Integrativas e Complementares – PICs também financiado pela Fapes e coordenado Profª Drª Maria Helena Costa Amorim.

Pode-se destacar o Centro Regional de Referência sobre Drogas do Espírito Santo (CRR – ES) coordenado pela Profª Marluce Miguel de Siqueira, por meio de parceria com a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD) e as secretarias municipais de saúde de Vitória e Vila Velha, promoveu diversos cursos sobre uso de substâncias psicoativas para os profissionais das referidas secretarias municipais.

Outro ponto a se destacar é o convênio com o Hospital Santa Rita de Cássia e a Associação Feminina de Educação e Combate ao Câncer (AFFEC). Tendo em vista o crescente número de mulheres acometidas por doenças oncológicas e principalmente o aumento de mulheres mastectomizadas, a Profª. Maria Helena Costa Amorim e seu grupo de estudos têm prestado importante serviço à comunidade do Espírito Santo através do Grupo de Apoio a Mulheres Mastectomizadas desenvolvido no Hospital Santa Rita de Cássia, hospital referência do SUS para tratamento oncológico.
A referida professora realiza projetos conjuntos, com docentes e pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPG).

Visibilidade:

O Programa possui uma página na web no endereço eletrônico: http://www.enfermagem.vitoria.ufes.br, que é atualizada constantemente pela secretaria do Programa. O site contém as informações sobre: o corpo docente, estrutura curricular, elenco de disciplinas, critérios de seleção de alunos, acesso aos trabalhos de conclusão de curso, os projetos, os editais, os grupos de pesquisas e extensão com horários de funcionamento, entre outras informações.
Visando a internacionalização a partir de 2017 o site do PPGENF estará disponível em inglês.
As pesquisas e projetos de extensão de docentes e discentes do PPGENF vem sendo premiados em diferentes eventos do país, dando visibilidade as produções do Programa a nível nacional.

-Os docentes do PPGENF-UFES tem inserção ou coordenam projetos e programas que tem dado grande visibilidade ao nosso programa.
Podemos exemplificar o Grupo de estudos e pesquisa Ansiedade, Depressão, Enfrentamento e Estresse (ADEE), coordenado pela Karla de Melo Batista, as mestrandas Brenda do Amaral Almeida, Soraia da Silva Lopes, Paolla Novais e Júlia Diniz e alunos de graduação realizaram em 2014, 2015 e 2016 inúmeras atividades que deram grande visibilidade, como a Panfletagem educativa e Sessões de relaxamento muscular progressivo no Dia Mundial de Combate ao Estresse no Centro de Ciências da Saúde, no HUCAM da UFES e em outras instituições.
Em 2015 a mestranda Brenda participou do programa de rádio da UFES sobre Importância da doação de medula óssea, que pode ser acessada pelo link:http://www.4shared.com/mp3/c9IdGKnXba/Programa_Boca_Livre_3_Completo.html. Ainda a mestranda Brenda foi entrevistada pelo jornal do Sindicato dos Técnicos Industriais do Espírito Santo (SINTECES) sobre Saúde e Segurança do Trabalhador, 2015. Link: http://sinteces.org.br/alto-numero-de-trabalhadores-afastados-por-aciden.... E, também ministrou palestras em empresa offshore (Macaé-RJ) sobre: Estresse e Burnout na saúde dos trabalhadores.
Em 2016 os mestrandos e acadêmicos de enfermagem junto com a prof Karla de Melo ministrou palestra na Polícia Rodoviária Federal sobre Relaxamento Muscular Progressivo. E, também no Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo realizou palestra sobre Estresse e Trabalho, com sessão de relaxamento muscular progressivo.
O Programa de Reabilitação para Mulheres Mastectomizadas (PREMMA) tem dado grande visibilidade ao MP-UFES, assim elencamos algumas matérias na mídia falada e/ou escrita que foram exibidas nos últimos anos. Seguem as descrições abaixo:
No ano de 2013 tiveram várias reportagens: em 01/10/2013: Agenda do Outubro Rosa, campanha de alerta sobre o câncer de mama na TV Gazeta; Em 02/10/2013: Campanha do Outubro Rosa na TV Tribuna; Em 13/10/2013: Até as coisas ruins podem ter o lado bom, no Jornal A Gazeta; Em 14/10/2013: Elas rosearam as ruas, no Jornal A Tribuna; Em 04/10/2013: Atividade física ajuda mulheres que tratam câncer de mama na TV Gazeta; Em 03/11/2013: Outubro Rosa salva a vida de mulheres no Jornal A Tribuna; Em 08/11/2013: Coluna Maurício Prates Lenços da Solidariedade no Jornal A Tribuna.
Em 2015 também foram várias reportagens, como matéria publicada em 16 de out de 2015: A Ufes aderiu à campanha Outubro Rosa iluminando a fachada de prédios, colorindo os logos nas redes sociais e desenvolvendo ações na área da saúde. Nossa reportagem mostra essas estratégias e explica a importância do diagnóstico precoce da doença, que eleva as chances de cura até 100%.
Link:https://www.youtube.com/watch?v=RNuTP6HlGiY&list=PLqhsTiIIAr3zBm2fUVCVZ5...
Matéria publicado em 29 de Outubro de 2015 - 16:58. Síntese:“Outubro Rosa chega ao fim, mas prevenção deve ser permanente.“ Encerrando o mês de outubro, a TV Ufes entrevistou a Profa Maria Helena Amorim, que lembrou quais são os fatores de risco da doença e como detectá-la”. Links: Outubro Rosa: Saiba como detectar o câncer de mama - http://migre.me/rRbfW e Outubro Rosa: Conheça os fatores de risco do câncer de mama - http://migre.me/rRbgS
Ainda em 2015 no Programa em Movimento da TV Gazeta ES-Globo fez uma matéria do Premma com a Profa. Maria Helena Costa Amorim cujo link: http://gshow.globo.com/TV-Gazeta-ES/Em-Movimento/noticia/2015/10/envie-s...
Nos anos de 2013, 2014, 2015 e 2016 inúmeras palestras foram ministradas por docentes e mestrandos do MP sobre a Prevenção de Detecção Precoce do Câncer, em instituições pública, filantrópicas e privadas: Unimar; Senac; Automóveis Honda-Shori Vitória; Escola de Marinheiro; Rede Marcela; Automóveis Honda-Shori Vila Velha; Instituto Federal do Espírito Santo; Prefeitura Municipal de Vitória; Escolas do Governo; TOTVS; Vale do Rio Doce; Restaurante Delícias do Mar; Prosegur; Petrobras; Cesan; Ministério Público Federal e IDAF.
Em relação aos projetos de extensão e pesquisas voltados ao idoso, em 2013 a profa Paula Olympio foi entrevistada em um programa de TV sobre o Cuidado do idoso com ou sem dependência no domicílio e em 2015 ministrou palestra acerca do tema Envelhecimento saudável e a atuação multidisciplinar e ministrou um curso e curta duração sobre Propedêuticas no Idoso e Instrumento de Avaliação para alunos dos cursos de medicina, fisioterapia, odontologia, fonoaudiologia e enfermagem.
Em 2016, a Profa. Dra. Marluce Siqueira coordenadora do CEPAD, que atua na área de prevenção do uso de álcool e outras drogas, ministrou entrevista intitulada: Álcool e outras Drogas: Ações do CEPAD-UFES para o Jornal da TV Vitória, no dia 31/06/16, encontra-se no link: http://www.folhavitoria.com.br/videos/2016/06/1464797343488014122.html
Representando o Laboratório LAVISA, a profa. Franciele Leite ministrou palestra no evento dos 10 anos da Lei Maria da Penha na UFES, e após fez entrevista intitulada “Os 10 anos da Lei Maria da Penha” que encontra-se no link: https://www.youtube.com/watch?v=axmlrgTtMRU. E, em outubro de 2016, no auditório do Elefante Branco- UFES ministrou palestra sobre as diretrizes atuais do rastreamento do câncer de mama.
Desde 2012 os professores, acadêmicos e mestrandos do projeto de extensão AMAMENTA participam da Semana Mundial de Amamentação: onde temos rodas de conversa com gestantes/puérperas, da Semana do Bebê: evento realizado no município de Vitória com grande participação popular, e do Agosto Dourado.
No ano de 2013 na disciplina de Tópicos Avançados de Saúde foi trabalhado a temática, Comunicação e Saúde e o trabalho final apresentado pelos mestrandos teve uma matéria publicada no jornal de grande circulação no Estado do ES.

Transparência Pública
Acesso à informação

© Universidade Federal do Espírito Santo 20013. Todos os direitos reservados
Av. Marechal Campos, 1468 - Maruípe | Vitória - ES, Brasil | CEP 29.040-090