CONHECIMENTO, ATITUDE E PRÁTICA SOBRE MORTE ENCEFÁLICA E MANUTENÇÃO DO POTENCIAL DOADOR DE ÓRGÃOS E TECIDOS ENTRE ENFERMEIROS.

Resumo: O processo de doação de órgãos e tecidos necessita do envolvimento de vários profissionais da saúde. Os profissionais integrantes das Comissões Intra-hospitalares de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT) dedicam-se à condução do processo de doação e orientação sobre a manutenção do potencial doador (PD) de órgãos e tecidos, por isso é necessário estudar como esses profissionais entendem as fases desse processo. Objetivo: Analisar o conhecimento, a atitude e a prática sobre morte encefálica e manutenção do potencial doador de órgãos e tecidos entre enfermeiros das CIHDOTTs do Espírito Santo. Métodos: Realizar-se-á uma pesquisa quantitativa, transversal do tipo inquérito CAP- Conhecimento, Atitude e Prática sobre morte encefálica e manutenção do potencial doador de órgãos e tecidos. O público-alvo serão os enfermeiros integrantes das CIHDOTTS dos Hospitais do Espírito Santo, compondo o cenário hospitalar capixaba. O instrumento autoaplicável e supervisionado será composto de questões fechadas, sendo a primeira parte relacionada ao perfil, e a segunda, relativa ao inquérito CAP. Resultados: Espera-se com os resultados da pesquisa um diagnóstico situacional através da identificação de possíveis limitações no processo de trabalho, favorecendo o adequado manejo, gerando conhecimento e dados sobre este objeto, a fim de subsidiar projetos de intervenções para correções de fragilidades e possíveis limitações identificadas.

Data de início: 2017-02-06
Prazo (meses): 12

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Mestrado Angela Beatriz de Castro Lima
Colaborador Lorena Barros Furieri
Coordenador Mirian Fioresi
Transparência Pública
Acesso à informação

© Universidade Federal do Espírito Santo 20013. Todos os direitos reservados
Av. Marechal Campos, 1468 - Maruípe | Vitória - ES, Brasil | CEP 29.040-090