Avaliação dos efeitos da exposição ao acetato de chumbo sobre parâmetros pressóricos, reatividade vascular e contratilidade do miocárdio.

Resumo: A relação causal entre exposição ao chumbo e aumento da pressão arterial é bem documentada em estudos populacionais e experimentais. Entretanto o meio científico carece de maiores evidências dos efeitos e mecanismos envolvidos na toxicidade do chumbo no sistema cardiovascular. O objetivo do presente estudo será avaliar os efeitos da exposição ao chumbo, por 30 dias, sobre os parâmetros cardiovasculares de rato, enfatizando a etiologia destes efeitos, assim como analisar se a interrupção da exposição favorece a redução da toxicidade cardiovascular ao referido metal.
Os ratos Wistar serão aleatoriamente divididos em dois grandes grupos: os que receberão acetato de chumbo na água de beber por 30 dias (100 ppm), chamado de grupo tratado, e o que receberá somente o veículo, denominado, grupo controle. O grupo tratado será subdividido em subgrupos, os quais receberão cotratamentos, com fármacos específicos, conforme as vias fisiológicas que serão investigadas.
Para atingirmos os objetivos propostos serão realizadas medidas de avaliação de pressão arterial, de reatividade vascular e contratilidade miocárdica. Estas medidas serão alcançadas através das técnicas de: pletismografia, hemodinâmica, reatividade vascular em aneis de aorta, contratilidade miocárdica de músculos papilares isolados e medidas bioquímicas.

Data de início: 2012-06-01
Prazo (meses): 24

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Doutorado Jhuli Keli Angeli
Aluno Mestrado Fabiana Dayse Magalhaes Siman Meira
Colaborador Edna Aparecida Silveira Almeida
Colaborador Lorena Barros Furieri
Coordenador Mirian Fioresi

Páginas

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105