Acompanhamento de Egressos

Uma política de acompanhamento de egressos está sendo elaborada, com perspectivas de começar a ser colocada em prática a partir de 2016. Entretanto, a partir da análise dos dados levantados, pode-se concluir preliminarmente que diversos egressos do PPGENF-UFES estão inseridos em diversas comissões em nível estadual, municipal e nas instituições onde desenvolvem suas atividades laborais. No que se refere a participação em eventos científicos e produção cientifica podemos certificar que os egressos tem participado e apresentado trabalhos na sua área de atuação. Em 2015 muitos egressos conseguiram submeter artigos referentes aos estudos desenvolvidos no mestrado sendo alguns publicados e outros estão no prelo.

Andressa Tomazini Borghardt foi bolsista da Capes/REUNI egressa da primeira turma do Mestrado Profissional em Enfermagem de 2011 com experiência em cuidados de enfermagem em terapia intensiva e após o mestrado pode atuar na Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional e atualmente nas Comissões Multidisciplinar de Pele, Comissão de Sistematização da Assistência de Enfermagem e Comissão de Investigação de Surto.  Ela é gerente da Unidade de Gestão de Riscos Assistenciais do hospital universitário e participa como membro efetivo do Núcleo de Segurança do Paciente desde sua implantação, desenvolvendo atividades de mapeamento dos riscos clínicos e não clínicos, elaboração de plano de ação e atividades de sensibilização dos profissionais quanto à importância de uma política institucional de prevenção de riscos assistenciais. Dessa forma atendendo as legislações atuais que preconizam ações para prevenção de riscos como cirurgia segura, comunicação eficaz, prevenção de queda, úlcera por pressão e infecções nos serviços de saúde.
Desempenha ainda atividades como professora colaboradora da disciplina Estágio Curricular II do Curso de Enfermagem da UFES e no Curso de Pós- graduação lato sensu de Enfermagem em Terapia Intensiva ministrando aulas tais como: Assistência de Enfermagem nas Urgências e Emergências, Assistência nas Lesões Cutâneas e Ética, bioética, comunicação, humanização/relacionamento interpessoal e alterações Endócrinas no Paciente Grave. Tem participado de bancas de TCC do curso de graduação em enfermagem da UFES na área de Terapia intensiva.
A mestre Fernanda Cordeiro Sirtoli também da primeira turma tem participado de algumas comissões na Secretaria Estadual de Saúde do Espírito Santo tais como: Comissão de Estágio;Comissão de Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos em Saúde; Comissão de Prontuários e de Comissão de Controle de Infecção Hospitalar.
Em relação à mestre Soneide Pereira do Nascimento tem aplicado os resultados do seu estudo no HUCAM. Apresentou resultados no Forum dos Mestrados Profissionais em Enfermagem em 2015 em Brasília.

Com o mestrado profissional pode-se observar que a enfermeira Araceli  Vicente tornou-se mais e com o pensamento voltado para a pesquisa o que contribui para uma assistência de qualidade e fundamenta a conduta com os acadêmicos de enfermagem da UFES no setor de Quimioterapia do ambulatório Ylza Bianco do Hospital Santa Rita de Cássia cuja mantenedora é a Associação Feminina de Educação e Combate ao Câncer-Afecc em Vitória – ES, referência em oncologia no estado do Espírito Santo com atendimento voltado aos clientes do SUS. Os alunos passaram a ter um incentivo maior para a pesquisa e auxílio para desenvolver o pensamento crítico-científico. Com o resultado do seu estudo sobre o enfrentamento adotado pelas mulheres com câncer de mama pode compreender melhor as atitudes e condutas assumidas pelas mulheres com câncer. Para auxiliá-las a superar este momento em que estão vivenciando o tratamento, foi desenvolvida como produto no MP, uma tecnologia educacional em forma de cartilha, e que em breve será disponibilizada à todas mulheres com câncer de mama submetidas a quimioterapia pois obteve-se financiamento com fundo estadual para confecção de 1000 exemplares.

A mestranda Cristiane Rodrigues Silva após a defesa do mestrado assumiu a coordenação de implantação do processo de enfermagem no hospital universitário e desenvolve atividades de ensino no curso de graduação de enfermagem em uma universidade privada.
A enfermeira Cláudia Ruas defendeu no final de 2015, trabalha no Centro de Referência de Especialidades do município de Vitória-ES, desenvolve ações de educação em saúde a grupos específicos com doenças crônicas não transmissíveis (Diabetes/Hipertensão/Cardiopatas e pacientes em uso de anticoagulante).  Da sua inquietação relacionada à dificuldade dos pacientes com diabetes em aderir ao tratamento, surgiu o objeto de estudo para sua dissertação. Assim sendo, a partir dos resultados do seu estudo, em que propôs uma intervenção educativa com essa clientela específica, vem buscando subsidiar sua prática, se apoiando no referencial de Paulo Freire. Ainda participou como relatora no Fórum de Mestrados Profissionais em Enfermagem realizado em Brasília no ano de 2015.

A enfermeira Rosimere Lessa atua em parceria com a Prof. Márcia Valéria de Souza, do curso de Enfermagem UFES foi elaborado projeto de planejamento familiar, ao qual contempla as questões legais, os recursos humanos e materiais, além da logística para realização do mesmo.Também em parceria com a prof. Márcia Valéria de Souza é das acadêmicas de enfermagem, consultas de pré-natal de baixo risco e na coleta de preventivos. Como produto do mestrado realizou: Uma tecnologia educacional sobre relaxamento para gestantes. Tem colocado em prática/divulgado essa tecnologia junto às gestantes, bem como tem sido incorporada pelos acadêmicos de enfermagem.

Transparência Pública
Acesso à informação

© Universidade Federal do Espírito Santo 20013. Todos os direitos reservados
Av. Marechal Campos, 1468 - Maruípe | Vitória - ES, Brasil | CEP 29.040-090